Era uma vez uma mulher muito vaidosa e poderosa. Todos os dias ao acordar e antes de dormir ela tinha um ritual: tirar o pano que cobria seu espelho mágico e indagar, com palpitações e o coração acelerado:

– Espelho, espelho meu. Existe um concorrente com mais seguidores do que eu?

Não, essa não é a versão moderna de Branca de Neve. Ou talvez seja.

Mas, para ilustrar o assunto de hoje essa mulher vaidosa e poderosa não tira o pano que cobre o seu espelho. Ela verifica todas suas redes sociais e conta seguidores um a um que aumentaram durante o dia. E na verdade ela não é uma mulher… ela é uma empresa. Mas o que isso quer dizer?

Métricas de vaidade: o que são?

Vamos ao que interessa: muito tem sido falado sobre métricas de vaidade.

Poderia resumir essas métricas como sendo aquelas que usamos para massagear nosso ego mas que raramente nos trazem resultados em vendas.

Métricas de vaidade são as que não te ajudam a tomar decisões porque não significam necessariamente que você está no caminho certo ou não. E quais são esses números?

Curtidas no Facebook e seguidores no Instagram:

Vivemos a era do “troco likes” e do “sigo de volta”. As pessoas estão tão preocupadas em provar que são importantes em seus meios que fazem de tudo por um número expressivo de seguidores.

Mas quando falamos em vendas, isso significa nada ou quase nada! Existem empresas que passam dos 100 mil seguidores e estão há meses sem bater metas.

Como durante muito tempo foi muito simples comprar seguidores, a gente sabe que números expressivos não são sinônimo de bons negócios e nem mesmo de qualidade de uma marca.

Cliques em campanhas (e em e-mails!)

Aqui eu falo por experiência própria que muitos cliques em uma campanha ou em um e-mail não significam conversões em vendas.

O motivo é simples: a curiosidade é inerente ao ser humano e medir o sucesso de uma campanha somente pela taxa de cliques é perda de tempo. Você deve medir o que seu lead fez a partir do momento que clicou ali para entender se de fato você alcançou o que esperava.

Visualizações de página

Quem trabalha como marketing digital já deve ter ouvido de pelo menos um cliente: mas meu site é ótimo, eu recebo 20 mil visitas por mês!

Certo. E quantas vendas são feitas a partir dessas visitas?

Número de visualizações pode significar que seu site tem uma boa indexação no Google, por exemplo, mas se as vendas continuam baixas é preciso rever qual experiência seu visitante tem ao chegar ali.

Você x seu concorrente

Assim como o exemplo inocente do início do texto, muitos gestores olham para esses números vazios e comparam com a concorrência. Por conta própria analisam e concluem que são melhores, que são mais vistos e procurados.

Já parou para pensar que seu concorrente pode ser o famoso “como quieto?”. Pois é!

Mas ter números altos é ruim?

Não. Números expressivos de seguidores e visitantes é algo super importante para quem trabalha com presença digital.

O importante é saber que não é isso que determina o seu sucesso. Inclusive é por isso que eu gosto tanto do LinkedIn. Aqui eu vejo os seguidores como algo muito mais sincero do que nas outras redes.

Quem segue alguém por aqui é porque de fato está interessado no que aquela pessoa tem para falar e nos conteúdos que ela compartilha. Quando vejo que alguém tem muitos seguidores, quero conhecer seus conteúdos!

E se você já tem um bom número de seguidores nas suas redes sociais, saiba como torná-los engajados com seu negócio.

Para isso, produza bons conteúdos e tenha interações diariamente. Minha dica para quem conta com grandes números mas ainda não fez um filtro de quem realmente é um potencial cliente é iniciar com conteúdos topo de funil.

Assim você começa a segmentar sua base e criar leads para que você possa qualificá-los ao longo do funil.

Com mais leads qualificados, mais oportunidades e vendas surgirão. Assim, sua taxa de conversão também tende a aumentar. Essas são métricas que não massageiam nosso ego, mas que podem nos fazer ainda mais felizes, pois trazem resultados de verdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *